Museu de Solos do Estado de Roraima Boa Vista

O Museu de Solos do Estado de Roraima Boa Vista foi fundado no ano de 2011, a partir de projetos de pesquisa e iniciação científica, elaborados pelo professor Dr. José Frutuoso do Vale Júnior, As coletas foram feitas nas regiões do Bonfim, Caracaraí, Pacaraima, Rorainópolis, Serra de Nova Olinda, Serra Grande II, Monte Cristo, Surumu e Cantá entre os anos de 2012 e 2013. e no ano de 2013 foi inaugurado oficialmente.
Este museu nasceu com objetivo de atender às disciplinas de Gênese, Morfologia e Física dos Solos e Levantamento e Classificação do Solo e Fotopedologia, dos cursos de graduação em Agronomia e Zootecnia, além do Programa de Pós-Graduação em Agronomia da UFRR e o público em geral.

Museu de Solos do Estado de Roraima Boa Vista

Constitui uma importante ferramenta de apoio ao ensino, atuando como facilitador da difusão de estudos na ciência do solo, e, além disso, é uma ferramenta didática, que dá possibilidade de trazermos para uma sala os solos com as características morfológicas, em especial, bem preservadas e partir destes facilitar aos professores o ensino em ciência do solo e dos recursos naturais em geral.
No museu de solos, o estudante e/ou visitante tem um contato visual e sensorial de grande importância na elaboração das concepções morfológicas dos solos além de poder associar a sua distribuição com o material de origem (rochas), relevo e clima, estabelecendo relações de causa e efeito, considerando os fatores e processos de formação dos solos, onde características como profundidade, sequências de horizontes e pedregosidade podem ser visualizadas.
No contexto da educação formal e informal, a abordagem pedológica é uma maneira de promover a conscientização ambiental das pessoas, de forma que elas tenham um conjunto de valores que as instrumentalize para perceber, analisar e avaliar os impactos das ações públicas e privadas, assim como o impacto de suas próprias ações sobre o solo e, portanto, sobre o meio ambiente. O Museu tem papel relevante não só para o público acadêmico ou para o corpo docente das instituições de ensino, mas também para a comunidade em geral, e destaca-se aqui a importância da participação de alunos do ensino fundamental e médio.
O Museu de Solos de Roraima é uma ferramenta didática, onde características morfológicas, como a cor e transição entre horizontes, podem ser visualizadas. É uma base de referência para o estudo das classes de solos de Roraima;
O Museu de Solos abre a possibilidade para estabelecer uma rede que liga diversos pontos dentro da educação ambiental, não se trabalha o solo de maneira linear, mas sim em todo o seu contexto ambiental, estabelecendo interelações entre solo, recursos hídricos, fauna e flora. O objetivo maior é conscientizar a sociedade de que o solo é um componente essencial do meio ambiente, essencial à vida, que deve ser conservado e protegido da degradação.





Acervo

A criação e manutenção de um acervo museológico é uma tarefa trabalhosa, dispendiosa, complexa e ainda em processo de estudo e aperfeiçoamento. Muitas questões fundamentais ainda estão sendo discutidas pelos especialistas, e em muitas delas ainda não se formaram consensos ou regulamentações definitivas. Todo esse campo está em rápida expansão e contínua transformação. O acervo representa o núcleo vital de todo museu, e em torno do qual giram todas as suas outras atividades. O acervo idealmente é gerido por um curador, ou por uma equipe de curadores, que tem a função de manter organizada e em bom estado a coleção em seus depósitos, define conceitualmente e organiza as exposições ao público, e supervisiona as atividades de documentação e pesquisa teórica sobre a coleção a fim de produzir novo conhecimento. O curador também tem um papel decisivo nos processos de aquisição e descarte de peças. O curador é o responsável pela gestão do acervo segundo o que foi definido no Plano Diretor do museu, que conta com uma seção especialmente dedicada à Política de Acervo, como está previsto no Código de Ética para Museus.

Vagas Museu de Solos do Estado de Roraima Boa Vista – Trabalhe Conosco

Atitude, responsabilidade, resiliência, criatividade, comprometimento para resultado, e saber trabalhar em equipe são algumas competências necessárias para fazer parte do time. Se você tem esse perfil e está em busca de oportunidades em uma empresa líder de mercado envie agora mesmo seu currículo para a Museu de Solos do Estado de Roraima Boa Vista.

Horário de Funcionamento Museu de Solos do Estado de Roraima em Boa Vista

  • Segunda a Sexta das 08h às 22h / Sábado das 08h às 18h

Onde fica, Endereço e Telefone Museu de Solos do Estado de Roraima em Boa Vista

  • Boa Vista – RR
  • Telefone: (95) 3627-2573

Mapa de localização





Deixe seu comentário